Word of the Day

Monday, July 13, 2009

A escrita do tch em português

Sempre me causa certo desconforto escrever o "trígrafo" tch em português, uma vez que este não pertence tradicionalmente à nossa morfologia e o português não conta com "trígrafos", que acabei de inventar, somente com dígrafos, como nh, rr, ss, ch, lh. No dicionário Aulete descobri uns verbetes com tch inicial, incluindo a palavra que me causa cuja escrita me causa mais frequente desconforto, tcheco: tchã, tchau, tcheco, tcheco-eslovaco, tcheque e até tchutchuca, que apresenta esse trígrafo em dobro (nunca imaginei que uma palavra como essa um dia poderia estar dicionarizada). Note-se que os vocábulos elencados, com exceção de tchã e tchutchuca, são de origem estrangeira. O tchã parece-me ser de origem onomatopeica, já a tchutchuca, pela palatalização do ch, se confere um caráter de maior carinho ou sensualidade. Também é de notar que o mesmo dicionário dá como variantes tcheco e checo, o que poderia resolver o meu problema: simplesmente passaria a escrever checo. Mas isso não me satisfaz completamente, porque pronuncio tcheco, e escrever checo seria um pouco inconsequente. Talvez a melhor opção seja o que venho fazendo mesmo: escrever e pronunciar tcheco apesar de o tch não ser tradicional em língua portuguesa.

2 comments:

Comentador said...

E o tche gaúcho, que entra na linha das palavras estrangeiras!

juka said...

Uma pena que não adotaram o háchek no português. Já que os tchecos têm um número muito grande de palavras com o som tch, eles inventaram o háchek, que é um C com uma bráquia em cima: http://en.wikipedia.org/wiki/%C4%8C