Word of the Day

Wednesday, June 28, 2017

Velho de um ano

... a associação publicou um texto em seu site em que alega "tratar-se de um vídeo privado, divulgado fora do contexto e superado pelo tempo, pois é velho de um ano e meio e de uso restrito da instituição".

As aspas são de Veja.

Nunca tinha visto "velho de um ano" em português. Até parece tradução malfeita de ein Jahr alt, a year old, een jaar oud, rok starý, veche de un an, coisa que o valha ou o diabo que lhe carregue, para agradar aos lheístas.

1 comment:

Vasconcelos said...

Não sei de quantos anos é esse uso velho, mas não é de ontem. Atesta-se em obras pelo menos desde a década de 1940: "Da alcova do palácio, já nessa época velho de duzentos anos, começaram, então, a sair os varões que têm dominado o rochedo até os nossos dias. Confira em: https://books.google.com.br/books?id=EnIOAQAAIAAJ&q=%22velho+de+duzentos+anos%22&dq=%22velho+de+duzentos+anos%22&hl=pt-BR&sa=X&ved=0ahUKEwifm_ja1OvVAhUBmZAKHaZTBZEQ6AEIPTAF.

Aliás, é algo que sempre faço, quando tenho dúvidas sobre a frequência e a antiguidade do uso: pesquiso o Google Livros. É óbvio que o "método" tem muitas limitações, mas, a um comentarista apressado que disse ser pirlimpimpim a grafia do pó que teria sido inventado por Monteiro Lobato, provei, recorrendo ao Google Livros, que pó de perlimpimpim se encontra, com e ou com i na primeira sílaba, desde pelo menos o século XVII, em obras escritas em mais de uma língua, muito antes de Monteiro Lobato sonhar em nascer.